INTESTINO E EMAGRECIMENTO: A RELAÇÃO DAS BACTÉRIAS INTESTINAIS COM O PESO - Armazem Virtual
INTESTINO E EMAGRECIMENTO: A RELAÇÃO DAS BACTÉRIAS INTESTINAIS COM O PESO

Publciado

Em um estudo, foi destacado que a palavra “bactérias” já não é considerada inerentemente má, mas sim – como tudo na saúde e nutrição – há as benéficas e as maléficas. Está se tornando claro que para a saúde em geral é essencial manter uma microbiota intestinal equilibrada. E, somado a isso, uma nova pesquisa está mostrando algo muito promissor: a relação entre intestino e emagrecimento e as bactérias intestinais relacionadas ao ganho de peso e outras, a perda.

Entenda a associação intestino e emagrecimento e o que evidencia o estudo.

Bactérias intestinais e o gerenciamento de peso

Antes de qualquer informação, é importante notar que a associação de bactérias do intestino x emagrecimento é apenas uma peça do quebra-cabeça chamado “perda de peso”. Não vamos deixar que as bactérias do intestino se tornem a nova força externa culpada de todos os problemas de saúde. É preciso atenção a outros fatores, como a alimentação, sono e atividade física.

De quais bactérias que estamos falando, exatamente?

São as bactérias chamadas de bacteroidetes que parecem ser nossas amigas quando se trata de emagrecimento, e as firmicutes que podem influenciar no ganho de peso, especialmente na área central, em torno do abdômen. 

Essas “inquilinas” microscópicas dos nossos intestinos parecem interagir com a insulina e modular a inflamação, resultando no favorecimento ou não do ganho de peso. Há também evidências que sugerem que os níveis mais elevados de certas bactérias reduzem a absorção de calorias em excesso.

Bacteroidetes e a perda de peso

Mas antes de correr para a loja de alimentos saudáveis para comprar um super probiótico, tenho uma má notícia: as bacteroidetes são tão instáveis fora do corpo humano, que morrem em poucos minutos – e não podem ser transformadas em um suplemento.

Assim, o segredo, então, é manter bons hábitos de vida, e uma alimentação que promova o crescimento de bactérias boas. Veja como.

Como estimular a relação intestino e emagrecimento

1. Limite a ingestão de gordura

É evidente que uma dieta ocidental típica, com a ingestão excessiva de alimentos ricos em gorduras, aumenta a inflamação do intestino induzida por bactérias. Assim como, a recente tendência de dietas ricas em gorduras e baixas em carboidratos, fontes de fibras, tem ido pelo mesmo caminho.

Porém, não é necessário cortar totalmente as fontes de gorduras do cardápio. Basta haver equilíbrio: ingerir boas fontes e intercalar o consumo dessas gorduras, consumindo o suficiente para gerar mais saciedade e servir de combustível para o organismo, mas sem excesso.

2. Eliminar os alimentos que lhe causam inchaço

Ignorar as tendências dietéticas e, em vez disso, sintonizar com a sua intuição: o que é que o seu corpo tem dificuldade de digerir? Preste atenção e remova esses alimentos por um tempo para a recuperação intestinal.

3. Coma alimentos prebióticos

Aspargos, cebola, alho, alcachofra e raiz de chicória são exemplos. Todos esses contêm fibras que alimentam as suas boas bactérias existentes, levando-as a crescer em número. Alimentos probióticos, como kefir e chucrute, podem também ajudar.

4. Inclua ingredientes anti-inflamatórios

A cúrcuma e boswellia são anti-inflamatórios tradicionais que são fáceis de adicionar em um smoothie ou em chás.

5. Escolha suplementos para seu intestino

Glutamina é um dos suplementos mais recomendados para cuidar da barreira do intestino. Além desse importante aminoácido, há fórmulas aprimoradas que contêm ingredientes pensados para melhorar a saúde intestinal, além de contribuir com a relação intestino e emagrecimento.

* Nota: Você deve sempre consultar um profissional de saúde, antes de tomar qualquer suplemento dietético, nutricional, herbal ou homeopático. O Armazem-Virtual.com não garante, nem se responsabiliza, pelas informações fornecidas neste site de fontes diversas em relação às preferências relacionadas a suplementos para todas as condições de saúde. Portanto, antes de iniciar qualquer dieta, exercício ou programa de suplementação, consulte um profissional de saúde. O Armazem-Virtual.com não garante, expressa ou implicitamente, os produtos ou serviços vendidos, incluindo garantias de comercialização e adequação a uma aplicação específica.

Fonte: essentialnutrition.com.br

Continue
lendo posts relacionados